Tudo tem sua primeira vez...

26/02/2017

Ual! Meu primeiro post! Que friozinho na barriga... (risos)

Estou aqui escrevendo aleatoriamente e ouvindo uma música linda pensando em quantas pessoas irão ler meu blog e se um dia ele será famoso. Mas, sinceramente, isso não é o que mais me importa agora, porque eu o criei menos para me promover e mais para me aparecer. Aparecer no sentido de me abrir, me mostrar, deixar que me conheçam. Minha cara de durona muitas vezes não me permite me revelar aos outros e algumas pessoas se intimidam comigo. Isso não é legal porque as vezes perco a oportunidade de conhecer gente legal. No entanto, ao mesmo tempo reflito sobre aquilo que mais acredito: "Nada é por acaso." Neste caso, ninguém que aparece ou desaparece da minha vida é por vãos motivos.

Como uma cristã anônima que sou, acredito que nosso destino já está traçado desde o momento em que somos gerados. Não sei à qual religião devo atribuir esse pensamento, o que sei é que, muito recentemente, descobri esse novo conceito e isso me deixou bem feliz, pois me incentivou e me inspirou a continuar meu caminho exatamente como tenho seguido desde então. Uma existência transcendental que busca o bem e o melhor de cada pessoa. 

Bem, fiquei meio sem saber o que escrever e acabei demonstrando só um pouquinho da minha forma de enxergar a vida, as coisas, as pessoas. Não sei muito sobre tudo, mais sei tudo sobre o que sei...

Amor, fraternidade, alteridade, respeito, Deus, alegria e vida... Quero saber mais e mais e mais. Quero aprender a caminhar com mais sutileza e levar uma vida leve, cheia de luz, aprendizado e graça!  

Foto: Marcus Prando